Blog de Tec

Nada que é digital nos é estranho

 

Facebook divulga as notícias mais compartilhadas de 2011

Com mais de 750 milhões de usuários, o Facebook é uma interessante ferramenta para saber o que as pessoas querem compartilhar. A rede social divulgou as 40 notícias mais espalhadas pelo site nos EUA. Apesar de variadas, as notícias vêm de poucas fontes.

As principais fontes são os maiores sites de notícias dos EUA: CNN, Yahoo, Washington Post e The New York Times. Destaque para o Huffington Post, que aparece com sete menções --e dá ideia do tamanho atual do gigantesco blog. Já os assuntos são completamente variados. A mais compartilhada mostra fotos antes e depois do terremoto no Japão, mas há diversas citações à polêmica das mudanças dos signos e várias referências à animais fazendo coisas emocionantes ou chocantes.

Curiosa é a sexta notícia mais compartilhada, vinda da CNN: "You'll freak out when you see the new Facebook".

Escrito por Leonardo Martins às 11h23

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Shelby organiza vídeos de redes socials em um 'canal pessoal de TV'

 

São vários os aplicativos que organizam o conteúdo de suas redes sociais em revistas eletrônicas personalizadas e otimizadas para tablets. Temos o Zite, o Flipboard, o Pulse, dentre tantos outros.

O Shelby faz algo parecido, porém com foco em conteúdo audiovisual. Ele seleciona apenas os vídeos que seus amigos postaram no Twitter e Faceboook e organiza todo o conteúdo numa timeline. No centro da tela, os vídeos ficam rodando sem interrupção entre um e outro, como se fosse um canal de TV, abastecido pelo conteúdo de seus redes sociais.

O Shelby está disponível para iOS, mas também é possível acessá-lo pelo browser do computador.

Escrito por Alexandre Orrico às 19h57

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Vídeo sobre mudanças no Facebook desperta chuva de comentários preconceituosos

Este vídeo já ultrapassou 400 mil visualizações no YouTube. Dos espectadores que votaram, quase 1.900 gostaram. Mais de 4.000 não gostaram.

Algumas pessoas acharam engraçado. Outras reagiram com indiferença.

Há também os que detestaram. E, dentro desse grupo, há os que reagiram assim:

Isso é apenas uma pequena amostra do absurdo que é possível encontrar entre os mais de 6.000 comentários para o vídeo – muitos deles bem piores e mais pesados.

O que será pior: um YouTube sem vídeos como o de nielsonjose, ou um YouTube sem comentários como esses?

Não precisam responder.

Escrito por Emerson Kimura às 14h11

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Samsung não perdoa fãs da Apple em novo comercial

O clima entre Samsung e Apple continua bem delicado. Após diversos processos, acusações e o fim de um relacionamento duradouro de fornecimento de peças, chegou a vez de a publicidade entrar na discussão. O novo comercial do Galaxy S II, da Samsung, faz troça com todos os applemaníacos que gastam horas e horas de suas vidas em filas à espera de um produto da Apple. Confira:

A propaganda fala sobre detalhes técnicos que o "próximo grande passo" (leia-se iPhone 4S) não têm: conexão 4G, tela grande, e uma bateria que não é afetada por bugs de software. Mas o foco da peça vai além do aparelho em si. Ao caricaturizar os fãs da empresa de Cupertino, a Samsung confirma a posição de nova inimiga da Apple. Você se lembra dos tempos das propagandas "I'm a Mac"?

Escrito por Leonardo Martins às 20h16

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Steve Wozniak dá um pulo no Google e ganha Galaxy Nexus

O cofundador da Apple, Steve Wozniak, é aficionado por tecnologia. Principalmente por gadgets. E, apesar de seu imponente histórico, ele não gosta apenas dos aparelhos criados em Cupertino. A prova definitiva aconteceu na última sexta-feira, quando Woz visitou o Google e levou um Galaxy Nexus, o novo smartphone criado pela empresa em parceria com a Samsung, para casa.

Fotos da visita de Woz pipocaram no Google+, publicadas por engenheiros de software do Android que ficaram bem lisonjeados com a visita. E pensar que dia desses Wozniak era o primeiro da fila para comprar um iPhone 4S. E agora? Qual aparelho ele irá usar?

via Slashgear.

Escrito por Leonardo Martins às 15h28

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Siri não quer meter a colher em briga de marido e mulher

Mais um vídeo muito bom do CollegeHumor. Em inglês.

Escrito por Rafael Capanema às 19h18

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Google relança aplicativo do Gmail para iOS

 

O aplicativo do Gmail para dispositivos com iOS está novamente disponível na App Store. O anuncio foi feito pelo Google no blog oficial do serviço.

 A empresa disse que consertou falhas do lançamento e implementou sugestões de usuários, como suporte a várias contas, assinaturas móveis específicas e imagens adaptadas ao tamanho de tela do dispositivo em que forem abertas.

Há duas semanas o gigante das buscas lançou o aplicativo do Gmail para iOS, mas recebeu uma chuva de críticas por causa do não funcionamento do recurso de notificações push (que permitiria ao aplicativo receber mensagens automaticamente e avisar ao usuário sobre isso) e uma mensagem de erro logo ao ser executado.

 O aplicativo está disponível para iPhone, iPad e iPod touch com o iOS 4 ou superior. 

 

Escrito por Alexandre Orrico às 19h32

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fundador do Twitter e do Square trabalha 16 horas por dia

Se você acha que anda trabalhando demais, conheça Jack Dorsey, fundador do Twitter e do serviço de pagamento móvel Square.

Ele contou durante o evento Techonomy que trabalha 16 horas por dias: oito no Twitter e oito no Square.

Pelo menos ele não pega trânsito --as empresas ficam a dois quarteirões de distância.

Escrito por Rafael Capanema às 02h54

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Novo Call of Duty não poupa nem criancinhas

Guerra é guerra. A busca pela aniquilação do inimigo muitas (todas?) vezes inclui chacina de inocentes.

A série Call of Duty: Modern Warfare, que pretende replicar com realismo o ambiente de um conflito global entre diversas nações, tem uma fase polêmica no segundo jogo da série. Bem violenta, o game dava até a opção de pular a missão.

Na pele de um soldado infiltrado nas tropas do russo Makarov, você invadia um aeroporto lotado e sua única tarefa era acompanhar a trupe de terroristas em um massacre de inocentes.

Você tinha duas escolhas: participar do banho de sangue e mandar bala nos civis ou apenas assistir os tiros e granadas do exército de Marakov. Tentar impedir a morte de alguém poderia estragar seu disfarce e colocar em risco a missão e sua própria vida. Veja o vídeo:

 

No Call of Duty: Modern Warfare 3, lançado ontem no Brasil, há uma cena que também despertou polêmica: uma menininha brinca com pombos em Londres, perto do Big Ben. Um caminhão estaciona bem próximo da pequena e... Assista: 

Violência gratuita que poderia ser evitada ou cenas justificáveis por se tratar de um game de guerra?

Escrito por Alexandre Orrico às 17h42

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Você vai sentir falta do Flash no celular?


Flash no Android Market

Eu não.

Tenho o Flash instalado no meu celular há mais ou menos seis meses, mas configuro-o para que ele seja ativado "quando pedido". Caso haja algo em Flash num site, surge um quadradinho vazio. Se eu quiser carregar esse conteúdo, dou um toque no quadradinho.

De qualquer forma, só costumo precisar do Flash no celular em duas situações:

  • Para ver vídeos em sites que ainda não os oferecem em HTML5, o que é muito raro, já que vídeos consomem muita banda, algo incompatível com planos de dados limitados. Além disso, pouquíssimos deles são urgentes --prefiro esperar para quando estiver diante de um computador com tela grande e banda larga fixa.
  • Para encontrar informações em sites de restaurantesque geralmente insistem no Flash e são terríveis. Além disso, boa parte dessas informações pode ser obtida em sites externos feitos em HTML, como o Guia da Folha.

E você? Vai sentir falta do Flash em smartphones e tablets?

Escrito por Rafael Capanema às 19h53

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mozilla lança Firefox 8, com Twitter na barra de busca

Menos de dois meses depois de lançar o Firefox 7, a Mozilla disponibilizou hoje a versão 8 de seu navegador.

Na nova versão, complementos cuja instalação ocorre a partir de outros aplicativos são, por padrão, recusados.

Assim que instala o novo Firefox, o usuário responde se quer ou não manter os complementos instalados por outros aplicativos em versões anteriores do navegador.

Outra novidade é que no campo de busca da barra superior há a opção de pesquisar mensagens do Twitter.

A nova versão do Firefox pode ser baixada neste link.

Escrito por Leonardo Luís às 15h29

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Apple "simplifica" design de sua loja mais famosa

2006 (Mark Lennihan/Associated Press)

2011 (Divulgação)

Na semana passada, terminou a reforma de "simplificação" (!) da famosa loja-cubo da Apple na Quinta Avenida, em Nova York.

Em vez dos antigos 90 painéis de vidro, agora há apenas 15.

O site da Apple tem mais fotos da loja.

Escrito por Rafael Capanema às 17h14

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Veja (usando a imaginação) o primeiro trailer 3D de 'Star Wars'

Como a franquia de "Star Wars", criada por George Lucas, parece ser infinita, é quase natural a notícia de que os seis filmes serão relançados em versões tridimensionais, apenas no cinema. A história começa no dia 10 de fevereiro de 2012, quando cinemas 3D e "salas 2D selecionadas" (Imax?) recebem o primeiro filme da série, "A Ameaça Fantasma" (que, na verdade, é o quarto filme da série, mas vocês entenderam).

E o primeiro trailer do filme em 3D foi divulgado pela LucasFilm. Você pode assisti-lo abaixo, mas é preciso fazer um grande esforço de imaginação, ou pelo menos ficar vesgo em vão: não há a opção 3D do YouTube, e a única coisa que podemos concluir é que a qualidade das imagens será boa. E a corrida de pods pode ficar interessante. Confira:

Segundo o SlashGear, George Lucas entendeu que o 3D tinha atingido um nível desejado após assistir ao filme "Avatar", de James Cameron. Ou seja, para ele, a saga de "Star Wars" está pronta para o próximo passo. Mas será que ele viu outros filmes em 3D -- como "Harry Potter" e "Toy Story 3" -- em que o 3D é feito por software, e não por câmeras especiais? Porque, bem, nós já sabemos que os seis filmes não foram filmados em 3D. O jeito é esperar para ver se o resultado é satisfatório.

Escrito por Leonardo Martins às 20h40

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

ɹɐɹıƃ ɐsınbsǝd ǝp ɐuıƃɐd zɐɟ ǝlƃooƃ

Entre na pesquisa do Google, digite 'do a barrel roll', e você vai ver a página dando um giro de 360° dentro do seu navegador.

A frase, que hoje entrou nos Assuntos do Momento (Trending Topics) do Twitter por causa da brincadeira que o Google fez, é um bordão em inglês para sugerir a uma pessoa que ela mude radicalmente em algum aspecto. Também é base de um meme de internet em que geralmente se associam à sentença imagens de alguém, alguma coisa ou algum animal girando em queda, dando cambalhota ou fazendo algum tipo de movimento circular.

"Barrel roll" é uma manobra de pilotagem aérea em que um avião segue uma rota em forma de espiral ao mesmo tempo em que gira constantemente sobre seu próprio eixo horizontal.

O site Know Your Meme explica que a frase "do a barrel roll" começou a se disseminar ao ser incluída como fala do personagem Peppy Hare no jogo Star Fox 64, para Nintendo 64, lançado em 1997.

Escrito por Leonardo Luís às 20h51

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Motorola atualiza Xoom e adiciona versão menor à família de tablets

 

O primeiro tablet da Motorola, o Xoom, foi uma das estrelas da última CES, maior feira de tecnologia do mundo. Ele foi tratado como primeiro concorrente real do iPad, da Apple, por rodar o sistema Honeycomb do Google. mas não teve o sucesso esperado: no último trimestre, a Motorola vendeu apenas 100 mil unidades do tablet. Agora, a empresa decidiu arrumar algumas das principais reclamações do aparelho e lançar de uma vez dois sucessores do Xoom: um modelo de 10 polegadas e um segundo menor, com tela de 8,2 polegadas, focado em consumo de conteúdo.

Por dentro, o Xoom 2 pouco mudou em relação ao primeiro modelo. O processador, antes de 1 Ghz, agora tem 1.2 Ghz e... Só. A memória continua igual (1 Gbyte de RAM), o espaço interno também, a disponibilidade de portas é a mesma e a tela continua com 10,1 polegadas, Gorilla Glass para proteção e resolução de 800 por 1280 pixels. Já o Android agora está em sua versão 3.2. As principais mudanças do Xoom 2 são externas: se o primeiro modelo desagradou por pesar 730 g e ter uma espessura nada fina em comparação ao concorrente direto --o iPad 2--, a Motorola decidiu mudar o formato do aparelho. Abandonando os cantos arredondados, o aparelho ficou com a mesma espessura do iPad 2 --8,8 mm-- e pesa 599 g, contra 601 g do concorrente. E, se você anda meio nostálgico, ele agora também tem uma caneta stylus para trabalhos mais profissionais.

Mas talvez o lançamento mais interessante seja o modelo de 8,2 polegadas, o Xoom 2 Media Edition. O aparelho tem exatamente a mesma configuração de seu irmão maior, e ainda oferece maior densidade de pixels por polegada em tela --184 contra 149 do Xoom 2--, tem espessura de 9 mm e pesa 386 g, peso mais do que digno para uma longa leitura segurando o aparelho com apenas uma mão --segundo a Motorola, ele foi feito para ser usado em boa parte do tempo no formato retrato, como uma revista. O único porém do aparelho é que há uma queda drástica na promessa de duração de bateria: enquanto o modelo de 10 polegadas deve aguentar até 10 horas de uso contínuo, o Media Edition promete apenas 6 horas.

A Motorola começa a vender os novos tablets no Reino Unido, com preço sugerido de £ 330 para o Media Edition e £ 380 para o Xoom 2, nas próximas semanas. Por aqui, por enquanto, não há prazo para o lançamento.

 

Escrito por Leonardo Martins às 18h54

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Defensor do software livre faz exigências extravagantes quando é convidado a dar palestras

Polimerek

Caiu na internet, na semana passada, a enorme e inacreditável lista de exigências e observações que Richard Stallman, um dos mais famosos defensores do software livre, envia aos organizadores de eventos que o convidam para uma palestra.

Eis algumas delas, sintetizadas (Stallman é muito prolixo, como você pode conferir no texto, em inglês, cuja leitura na íntegra recomendo sinceramente):

  • Em temperaturas acima de 22 graus Celsius, Stallman tem grande dificuldade para dormir
  • Se você hospedar Stallman numa casa que tenha um papagaio, ele vai adorar. Mas não ouse comprar um papagaio só para agradá-lo
  • Stallman não toma café-da-manhã e exige que você não o questione sobre isso
  • Ao comprar passagens de trem ou ônibus para Stallman, você não deve informar o nome dele à empresa de transporte, porque ele não quer que o "Grande Irmão" o vigie
  • Stallman pede que você não se se surpreenda caso ele abra o notebook durante o jantar e comece a responder a e-mails

O texto inspirou o blog The Stallman Dialogues, que reúne engraçadíssimos cartuns e diálogos fictícios de Stallman com "organizadores amigáveis de conferências".

Escrito por Rafael Capanema às 19h58

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

GarageBand chega ao iPhone e ao iPod touch e agora deixa que você escolha seus próprios acordes

O GarageBand para iOS (US$ 4,99) acaba de ser atualizado com novidades muito interessantes.

Entre elas, suporte ao iPhone e ao iPod touch (antes, ele só funcionava no iPad) e a possibilidade de escolher os acordes que você quiser nos instrumentos inteligentes, o que elimina minha única reclamação quando testei o aplicativo, em março deste ano.

Escrito por Rafael Capanema às 14h30

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

O Blog de Tec é uma extensão da cobertura sobre tecnologia da Folha. É produzido por Alexandre Orrico, Emerson Kimura e Rafael Capanema.

BUSCA NO BLOG


SITES RELACIONADOS

RSS

ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. � proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.