Blog de Tec

Nada que é digital nos é estranho

 

Google Chrome, por Lady Gaga

A cantora Lady Gaga protagoniza uma propaganda recente do navegador Google Chorme. No vídeo, ela usa o programa para interagir com os seus monstrinhos (nome que ela dá a seus fãs). Veja:

(Via @Bluebus)

Escrito por Amanda Demetrio às 18h38

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Steve Jobs te leva para um tour na Apple Store... de dez anos atrás

Um Steve Jobs menos magro e que diz não ser um "gênio" te leva para um tour pela primeira loja física da Apple, em 2001. Acompanhe:

(Via @Blueblus)

Escrito por Amanda Demetrio às 18h35

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Confira um musical para os viciados em redes sociais

Não sei você, mas, às vezes, adoraria ter meu almoço interrompido por uma intervenção musical. Coisa de filme mesmo: a música começa, uns sobem na mesa para cantar, todos sabem a coreografia certinha. E foi isso que ocorreu na GEL Conference, que ocorreu em Nova York.

Quando o palestrante pediu que a plateia desligasse seus aparelhos móveis, começou um musical sobre a necessidade de compartilhar a vida na internet:

(via @Brainstorm9)

Escrito por Amanda Demetrio às 17h52

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Experimente agora o novo aplicativo de música do Android

Assim como o recém-lançado serviço Google Music, o novo aplicativo de reprodução de música do Android, totalmente redesenhado, só está disponível para usuários dos EUA.

Mas já circula na internet o arquivo que permite instalar o programa em qualquer celular com Android 2.2 ou superior.

Testei em um Motorola Milestone de primeira geração e ele funciona bem, mas trava de vez em quando.

O novo aplicativo não substitui a versão instalada no seu aparelho --ambas convivem lado a lado. 

O arquivo de instalação está aqui.

Escrito por Rafael Capanema às 18h02

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Revistas da Condé Nast no iPad custarão US$ 20 anuais, diz jornal

Diz o "New York Post" que estreará em breve o sistema de assinaturas de revistas da Condé Nast no iPad --entre elas, "New Yorker", "Wired", "Golf Digest", "Glamour", "Vanity Fair", "Self", "Allure" e "GQ".

Atualmente, só é possível comprar no tablet da Apple edições avulsas dessas publicações.

Mas a melhor notícia --estando correto o relato do jornal-- é que os preços serão reduzidos drasticamente.

A assinatura anual de cada título custará US$ 19,99, e edições avulsas sairão por US$ 1,99, ainda de acordo com o "New York Post". Assinantes da versão em papel terão acesso gratuito.

Hoje, paga-se US$ 3,99 por cada exemplar digital da "Wired" e US$ 4,99 por cada um da "New Yorker", por exemplo.

E você? O que acha de pagar US$ 20 anuais pelas publicações da Condé Nast no iPad?

Escrito por Rafael Capanema às 21h25

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Filtro de chatice no Twitter volta a funcionar

Em dezembro do ano passado, falei aqui sobre o Tweetfilter, ferramenta para filtrar usuários e termos inconvenientes no Twitter.

Desde então, conheci um serviço melhor ainda, o Proxlet.

Diferentemente do Tweetfilter, cujas configurações são armazenadas localmente (é preciso configurá-lo manualmente em cada computador em que você o usa), as preferências Proxlet ficam guardadas na nuvem --ou seja, só precisam ser feitas uma vez.

Além disso, suas configurações no Proxlet podem ser aplicadas não só ao navegador como também aos aplicativos TweetDeck, Twitter para iPhone, Twidroyd e Seesmic para Android.

Também dá para filtrar tuítes que tenham partido de um aplicativo específico (Foursquare, por exemplo).

A única desvantagem do Proxlet é o fato de ele funcionar apenas no Google Chrome, enquanto o Tweetfilter roda também no Firefox.

Nas últimas semanas, o Proxlet havia parado de funcionar, mas voltou à atividade hoje. Teste lá e volte para dizer o que achou.

Escrito por Rafael Capanema às 18h28

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Aplicativo (temporariamente) gratuito transforma iPad em segundo monitor

Está de graça temporariamente na App Store, em comemoração ao casamento real (!), o aplicativo DisplayLink, que transforma o iPad em um segundo monitor para o seu computador.

Basta instalar o programa no seu PC (ele só funciona no Windows), definir uma senha e abrir o aplicativo no iPad. Ambos precisam estar conectados à mesma rede.

Depois disso, o iPad passa a ser enxergado pelo sistema como um segundo monitor, que pode ser usado como extensão da sua área de trabalho.

Dois exemplos de uso do iPad como segundo monitor: para controlar um programa de reprodução de música (Grooveshark, Windows Media Player, iTunes etc.) ou para exibir um cliente de Twitter, como o belo MetroTwit, sobre o qual pretendo falar aqui nos próximos dias.

O DisplayLink funciona muito bem e vale inclusive o US$ 1,99 (cerca de R$ 3,15) cobrado normalmente. Se quiser baixar de graça, corra que ainda dá tempo.

Escrito por Rafael Capanema às 17h44

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Como usar o Google

O vídeo é de Rafael Madeira, autor da tirinha cersibon e do antigo cabeçalho do blog de Vivian Whiteman, editora de Moda da Folha.

Escrito por Rafael Capanema às 12h15

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

O Blog de Tec é uma extensão da cobertura sobre tecnologia da Folha. É produzido por Alexandre Orrico, Emerson Kimura e Rafael Capanema.

BUSCA NO BLOG


SITES RELACIONADOS

RSS

ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. � proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.