Blog de Tec

Nada que é digital nos é estranho

 

Mais uma (boa) versão da música-tema de Super Mario

Quem toca todos os instrumentos é Jack Conte, da banda Pomplamoose, famosa no YouTube por seus covers de canções pop (exemplos: "Telephone", da Lady Gaga, e "Single Ladies", da Beyoncé). Vi lá no Mashable.

Com influência de música latina, o tema de Super Mario foi escrito pelo compositor japonês Koji Kondo, que também musicou The Legend of Zelda.

Como bônus, eis o tema de Super Mario executado por uma orquestra no espetáculo "Play! A Video Game Symphony":

Escrito por Rafael Capanema às 17h09

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Moleskine ainda é melhor no papel

A jornalista DANIELA ARRAIS, autora do blog Don`t Touch My Moleskine, analisou um recém-lançado aplicativo para iPhone e correlatos que tenta imitar no virtual a experiência de uso dos descolados caderninhos. Leia a seguir o texto dela, especial para Tec.

 

 

"Moleskine é o mais tradicional caderninho de bolso que se tem notícias. Diz a história da marca italiana que pintores como Van Gogh e Pablo Picasso e escritores como Ernest Hemingway usavam as folhas bem cortadas e estruturadas para esboçar suas pinturas e seus escritos. Há quem ande por aí com esses cadernos no bolso na esperança de um dia ter seu conteúdo revirado por historiadores. A grande parte da população que adora artigos de papelaria enxerga na qualidade e na beleza do produto o suporte ideal para anotar as coisas do dia a dia.

 

Há pouco mais de uma semana, a Moleskine resolveu levar seus “lendários cadernos” para o mundo dos aplicativos. Mas, ao contrário dos cadernos, que têm na simplicidade o seu maior trunfo, a app é confusa e complicada de usar. Pelo menos é de graça (enquanto os cadernos têm um precinho salgado) e pode ser baixada na AppStore ou na iTunesStore, servindo para iPhone, iPad e iPod Touch com sistema operacional a partir do iOS 4.2.

 

Para começar a usar o MoleskineApp, clique no ícone. O que aparece na tela é uma reprodução da capa do caderno, na vertical. Se você tenta virar para a horizontal, não consegue.

 

Para acessar as notas, toque na tela. Você verá  uma lista intitulada myThoughts (meus pensamentos). Para criar um novo, clique no sinal de mais localizado no canto superior direito da tela e dê um nome ao seu pensamento. Em seguida, você vai ver uma tela com três botões: categoria, novo e atribuir. E aí já começa a primeira falha do aplicativo: afinal, você acabou de criar um nota e é perguntando, em seguida, se quer criar uma nova. Quando você clica em New, no entanto, o que aparece é a possibilidade de criar uma categoria para aquele pensamento...

 

Clicando em categorias, você encontra o Label, que permite que você escolha um ícone para identificar seus pensamentos. Pode ser uma televisão, um relógio, uma cadeira daquelas de set de cinema, um lápis, uma mão com polegar para cima. Até agora ainda não escrevemos, certo? Volte ao índice e clique sobre alguma das notas que você criou. Ops, nada acontece. Clicando duas vezes, finalmente você tem acesso ao teclado! E pode começar a escrever o que tiver na cabeça.

 

Na parte de cima, o ícone do canto esquerdo permite que você escolha entre os estilos de papel, que variam entre liso, quadriculado e com linhas. Você tem, também, a opção de mapear seus pensamentos, clicando em Mapmythoughts. O aplicativo indaga se pode usar sua localização atual, você confirma e, então, aparece um mapa. Você consegue adicionar uma geotag _e, em seguida, ver as notas que foram marcadas assim. A idéia é que você tenha um mapa de suas memórias. Dá, ainda, para você compartilhar suas notas por e-mail, Twitter e Facebook.

 

No canto inferior direito, uma canetinha faz as vezes de editora do texto, permitindo escolher o tamanho e a cor da fonte, a espessura da linha se você for desenhar e uma imagem.

 

Uma das coisas legais do aplicativo é que ele permite usar fotos no meio das notas ou dos desenhos. Você pode usar imagens da sua galeria de fotos, ícones do próprio aplicativo e, ainda, fazer uma foto na hora com sua câmera. Usando os dedos em formato de pinça, você consegue alterar o tamanho da imagem _e para movê-la de um lado para o outro, basta arrastar os dedos. Em seguida, você recorta a imagem e faz sua inserção na nota. Fácil até, mas não o suficiente para esconder as dificuldades gerais do aplicativo.

 

Resumindo: o aplicativo Moleskine é muito confuso. Parece que toda a simplicidade que é característica da marca não foi transposta para o mundo digital. Uma pena, já que, nesse tempo de urgências, bastam alguns cliques além do necessário para que a gente deixe um aplicativo no limbo. Por enquanto, fico com meus Moleskines reais, com suas cores, estilos e tamanhos variados que trabalham a favor da inspiração."

Escrito por Rodolfo Lucena às 08h53

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pesquisa fornece munição para rivalidade entre Mac e PC

Usuários de Mac preferem arte moderna à impressionista e são entusiastas de design.

Enquanto usuários de PC gostam de Pepsi, usuários de Mac preferem saborear uma San Pellegrino Limonata.

Usuários de Mac são 80% mais propensos a ser vegetarianos do que usuários de PC.

36% dos usuários de PC são liberais, ante 58% dos usuários de Mac.

71% dos usuários de PC identificam seu estilo como casual e costumam optar por um clássico par de calças jeans. Já 14% e 18% dos usuários de Mac definem seu estilo, respectivamente, como "designer/chic/luxuoso" e "único/retrô".

Usuários de Mac que gostam de acusar usuários de PC de terem mau gosto e usuários de PC que gostam de acusar usuários de Mac de serem esnobes podem usar como munição os dados acima, que estão em um gráfico elaborado pela Column Five Media a partir de uma pesquisa do Hunch.com (clique para ampliar):

Via Daring Fireball

Escrito por Rafael Capanema às 16h19

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Acompanhe a visita de Barack Obama à sede do Facebook

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, visita nesta quarta-feira (20) a sede do Facebook nos Estados Unidos. Acompanhe:

Escrito por Amanda Demetrio às 17h53

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Tipos no Facebook

Um vídeo bem divertido sobre os estereótipos das "estrelas" no Facebook circula nas redes sociais hoje.

Tem aquela que só curte, aquele que só posta letra de música, a modelo de espelho, o jetsetter... Em qual você se enquadra? Eu tenho um pouco de cada um, confesso, risos (:

Escrito por Marina Lang às 17h36

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O processo da Apple contra a Samsung em uma imagem

Lá do thisismynext.com, numa ampla análise do assunto por Nilay Patel.

Em tempo: o thisismynext.com é o teto temporário de ex-editores do Engadget (incluindo Joshua Topolsky, ex-editor-chefe) que deixaram o portal subordinado à AOL e estão preparando um site sobre tecnologia que será abrigado na SB Nation. Vale a visita.

Escrito por Rafael Capanema às 15h21

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Como consertar qualquer computador

Clique acima para ler a ótima tirinha do Oatmeal (em inglês).

Escrito por Rafael Capanema às 19h00

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Saiba mais sobre quem está do outro lado do e-mail

Você vive em troca constante de e-mails? O Rapportive pode ser uma boa ideia para saber quem está do outro lado "da linha".

Trata-se de um complemento que, quando conectado ao Gmail, mostra detalhes sobre o seu contato, ao lado da mensagem recebida. São reunidos tuítes, posts do Facebook e outros links relacionados ao remetente da mensagem --às vezes, dá até pra ver o telefone da pessoa, se ela disponibilizou em alguma rede social.

O Rapportive é compatível com Firefox, Safari, Mailplane e Chrome.

Escrito por Amanda Demetrio às 19h27

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Funcionários da Apple gravam depoimento para campanha anti-homofobia

Nesta quarta-feira (13), a Apple colocou no ar um vídeo com depoimentos de seus funcionários para o projeto anti-homofobia It Gets Better (fica melhor, em tradução livre).

Vale a pena ver (em inglês):

O presidente dos EUA, Barack Obama, também gravou um depoimento para a iniciativa em outubro do ano passado:

Em dezembro, foi a vez de funcionários da Adobe contribuírem com a campanha:

No blog Carreiras, da Folha, você vê os vídeos do Facebook, do Google e do LinkedIn.

Recomendo ainda a excelente reportagem da Folhateen sobre o assunto, publicada em novembro de 2010.

Via Daring Fireball

Escrito por Rafael Capanema às 01h05

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fotoarte, surrealismo e tecnologia

O tarimbado artista francês Jean-François Rauzier, do Pavillion des Arts et du Design em Paris, trouxe fotomontagens sensacionais dentro do conceito de "hiperfoto" --reivindicado por ele como sendo de sua autoria: a conjugação do "infinitamente grande" com o "infinitamente pequeno" em apenas uma imagem.

Grosso modo, o usuário navega pela composição artística em escalas variadas --da mais distante à mais próxima, na qual se veem as minúncias da imagem em uma precisão fantástica.

A ideia, de acordo com o artista, é confrontar exatamente a ilusão do real, usando a tecnologia para ultrapassar as limitações do material fotográfico.

Justaposições, duplicações e torções criam um universo extraodinário nas imagens, que podem ser conferidas em séries expostas no site do artista, cujo endereço é rauzier-hyperphoto.com. Mas atenção: o material está disponível apenas em 2D.

 

Divirtam-se ;)

 

via Revista Bula

 

Escrito por Marina Lang às 17h46

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Seis semanas se passaram e Steve Jobs continua vivo

Justin Sullivan - 2.mar.2011/Getty Images/France Presse

Em 17 de fevereiro, o tabloide sensacionalista "The National Enquirer" publicou que Steve Jobs, em processo de recuperação de um câncer pancreático, tinha apenas seis semanas de vida.

O fundamento da previsão? A opinião de dois médicos --que nem oncologistas são-- com base em... fotos do traseiro de Jobs.

Pois o Cult of Mac registrou nesta terça-feira (5) que já se passaram as seis semanas e, bem, o fundador da Apple continua vivo.

Escrito por Rafael Capanema às 17h31

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Nova página inicial do Twitter aparece para alguns usuários

Alguns usuários começaram a ver uma nova página inicial do Twitter --esta aí em cima.

Entrei em contato com o serviço para saber se a mudança é definitiva e atualizo o post quando houver novidades.

Para comparação, eis a página inicial atual:

E aí? A nova página inicial do Twitter já apareceu para você?

Atualização (6.abr.2011, 16h58): O designer brasileiro Vitor Lourenço, que trabalha no Twitter, confirmou à Folha por e-mail que a mudança é efetiva:

Sim, estamos lançando, amanhã [hoje] deve estar disponível para todos os usuários.

Escrito por Rafael Capanema às 16h26

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Site de humor traz vídeos exclusivos de Rebecca Black no 1º de abril

Neste 1º de abril, o site de humor Funny or Die vira Friday or Die e é todo dedicado à adorável Rebecca Black, que protagoniza uma série de vídeos exclusivos como este acima. Vale a pena ver todos.

Escrito por Rafael Capanema às 16h10

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

O Blog de Tec é uma extensão da cobertura sobre tecnologia da Folha. É produzido por Alexandre Orrico, Emerson Kimura e Rafael Capanema.

BUSCA NO BLOG


SITES RELACIONADOS

RSS

ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. � proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.