Blog de Tec

Nada que é digital nos é estranho

 

Veja fotos de idosos jogando Wii

Diversão

Pensa que jogar Wii é passatempo apenas para gente novinha? A galeria abaixo mostra que não!

10 Funniest Photos of Old People Playing Nintendo Wii

Escrito por Daniela Arrais às 15h46

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O mundo visto pelos olhos de um blogueiro

Tipinho

André Dahmer sabe das coisas, como vocês podem acompanhar no Malvados. Agora, ele criou a série "Pequeno Mundo Blogueiro", com pérolas como essa aí acima   =)

Escrito por Daniela Arrais às 13h44

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Teste se sua audição é jovem

Apito

Quer saber se sua audição é jovem? Então faça o Teenager Audio Test

http://trainhorns.net/sound/

Segundo a página, geralmente são pessoas de até 25 anos que conseguem ouvir o barulho, que é parecido com o zumbido de um mosquito. Depois dessa idade, fica mais difícil reconhecer o ruído

O meu resultado foi este aí abaixo:  

 Train Horn

Created by Train Horn

Escrito por Daniela Arrais às 17h21

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Com quantos links se faz uma página principal

Overdose

Para quantos links somos direcionados a cada vez que entramos em um site? Nick Bilton, do O'Reilly Radar, resolveu fazer a conta.

Quem entra no Huffington Post, por exemplo, se depara com a menção a 720 links. No Gizmodo, são 468, enquanto no Digg, 297.

Em média, menos de 1% dos links de blogs e sites de notícias levam a conteúdo relevante; 99% correspondem a navegação e outras manchetes de artigos, diz Bilton

"Provavelmente nós não vemos todos estes links, mas eles estão sendo empurrados para nós na esperança de que o vejamos. E, talvez, isso não seja uma coisa ruim. A beleza da internet está na habilidade para linkar. De enfileirar o conteúdo, deixá-lo fluir e criar a nossa própria narrativa", afirma

A visualização completa de 98 sites analisados pode ser vista em http://www.nickbilton.com/98/

Mais informações sobre a pesquisa estão disponíveis em http://radar.oreilly.com/2009/02/how-many-links-are-too-many-li.html

Escrito por Daniela Arrais às 17h02

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Esta é a cara de um criminoso

Rostos

Se você compartilha arquivos na internet, tire uma foto sua e faça o upload no site FileSharer.org, que se propõe a mostrar ao mundo que pessoas comuns são as que são chamadas de criminosas pela indústria que rejeita a troca de músicas, filmes etc. 

A campanha foi criada pelo Party Red, da Noruega, em solidariedade ao Pirate Bay, um dos maiores agregadores de torrent da internet, que responde a julgamento sobre incentivo à pirataria, na Suécia

Veja mais em http://filesharer.org

Escrito por Daniela Arrais às 16h30

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Google Maps agora mostra pontos de ônibus

Parada


Navegando casualmente no Google Maps hoje, notei uma série de pontinhos azulados no mapa.

São os pontos de ônibus. Clicando no ícone, podem-se ver todas as linhas que passam por ele e o itinerário completo de cada uma delas. Bravo!

Vi a novidade nos mapas de São Paulo e Belo Horizonte, mas não sei quais outras cidades brasileiras foram agraciadas. Rio de Janeiro, por exemplo, não foi.

Escrito por Rafael Capanema às 15h22

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Google está no Twitter

Gigante

O primeiro post foi há 18 horas. Foram sete até agora. E o Twitter do Google já conta com quase 17 mil seguidores.

 

Escrito por Gustavo Villas Boas às 15h05

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

De acordo com Wired, executivo da indústria da música leva gargalhadas ao julgamento do Pirate Bay

RaRaRa


John Kennedy, presidente-executivo da IFPI, grupo que representa a indústria fonográfica mundial, fez explodir uma risada durante o julgamento dos membros do Pirate Bay.

Ele disse, conta Oscar Swartz na Wired, que as pessoas teriam comprados TODAS as faixas que foram baixadas gratuitamente em redes piratas.

Acompanhe as notícias do julgamento no site da IFPI ou no inacreditável blog do Pirate Bay, que tira sarro de tudo.

A imagem acima é do próprio Pirate Bay.

Escrito por Gustavo Villas Boas às 14h35

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Wired" conta a história do netbook

Pequenos notáveis

Patrick Leger/"Wired"

Em ótima reportagem, Clive Thompson conta na "Wired" a história do netbook, desde as origens do laptop de US$ 100 até hoje, quando praticamente todas as grandes fabricantes produzem essas maquininhas pequenas e baratas.

O netbook, escreve Thompson, subverteu a lógica da indústria de computadores, que por anos tentou convencer os consumidores a comprarem máquinas cada vez mais poderosas e mais caras.

"Netbooks são a evidência de que agora nós sabemos para que servem computadores pessoais. Trata-se de uma lista bem pequena de coisas que são conduzidas quase inteiramente on-line. Essa foi a epifania da Asustek."

Vale a pena ler a matéria inteira. Está aqui.

Escrito por Rafael Capanema às 15h35

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Leia entrevista com Luis Fernando Verissimo

Apócrifos

Julia Moraes - 2.set.2008/Folha Imagem

Luis Fernando Verissimo no lançamento de "O Mundo É Barbaro", em São Paulo

Saiu hoje no caderno Informática uma matéria que fiz sobre textos falsos que circulam na internet assinados por escritores consagrados. Clique aqui para ler na Folha Online.

Ao que tudo indica, o rei dos apócrifos da rede é Luis Fernando Verissimo –tanto que a jornalista Cora Rónai, que organizou a divertida compilação "Caiu na rede", cogitou o título "Falsos Verissimos".

Durante a apuração da matéria, Verissimo estava viajando. Só respondeu hoje às perguntas que lhe enviei.

Leiam abaixo, na íntegra, a breve entrevista.

FOLHA - Por que você acha que escolhem o seu nome para assinar tantos textos apócrifos?
LUIS FERNANDO VERISSIMO - Não sei. Talvez, como o nome é conhecido, queiram assegurar a leitura. É uma forma de altruísmo: o autor se esconde para favorecer o seu texto.

FOLHA - Antes da internet, era comum circularem textos falsos seus?
VERISSIMO - Não.

FOLHA - O que te incomoda mais nesses textos? Erros de português? Opiniões com as quais você discorda completamente?
VERISSIMO - Na verdade, eu só me incomodo quando tenho que revelar que o texto não é meu e decepcionar alguém. Na maior parte das vezes prefiro não negar o texto, para não constranger o outro.

FOLHA - Você já escreveu que gosta de "Quase", um dos textos que costumam ser atribuídos a você. Há mais algum de que você gosta, que gostaria de ter escrito?
VERISSIMO - O "Quase" era bem escrito, na linha inspiracional. E alguns textos são bem bolados, o que só aumenta a estranheza com a renúncia do verdadeiro autor.

FOLHA - E quais são os piores textos atribuídos a você, na sua opinião? Por quê?
VERISSIMO - Alguns são escatológicos ou preconceituosos. Um era sobre uma diarreia, outro me intrigava com as duplas sertanejas. Enquanto não me processarem pelo que eu não escrevi, tudo bem.

FOLHA - Ainda te parabenizam ou te criticam por textos que não foram escritos por você?
VERISSIMO - Acontece bastante. E eu nunca sei como reagir.

Escrito por Rafael Capanema às 14h47

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Lançado controle do Super Nintendo para Wii

Clássico

Nunca fui um gamer ardoroso. Mas sempre admirei o controle do Super Nintendo, que, para mim, tem um desenho primoroso: as curvas, a quantidade ideal de botões, o posicionamento deles e suas cores...

Anos atrás eu era proprietário de um clone desse controle, para usar no computador. Daqueles que se ligam na porta MIDI (alguém se lembra?). Para emulação do saudoso Super Nintendo no PC, nada melhor.

Só que o controle sumiu há um bom tempo e, desde então, nunca encontrei um parecido à venda se algum leitor souber onde conseguir um, aliás, me avise nos comentários, por favor.

A justificativa para esse preâmbulo sentimental é o lançamento do controle clássico do Super Nintendo para o Wii, à venda no Play-Asia.com e atualmente esgotado, por conta da demanda de outros nostálgicos como eu.

Escrito por Rafael Capanema às 15h20

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Máquina da Dell refresca mercado de netbooks

Dissonante


Dell Inspiron Mini 10

Ultimamente, listar as especificações de um netbook tem sido um tédio: processador Intel Atom de 1,6 GHz, memória de 1 Gbyte, tela de dez polegadas, resolução de 1.024x600, Windows XP... É quase sempre a mesma coisa.

Pois a Dell acaba de colocar no ar a página sobre o novo Inspiron Mini 10, que terá alguns recursos opcionais bem interessantes. A saber:

  • Tela 720p para vídeo em alta definição
  • Navegação GPS
  • Sintonizador de TV digital integrado

A Dell ainda não divulgou quanto cobrará a mais por esses recursos. Se não for muito –afinal, de netbooks espera-se que sejam baratos–, o Mini 10 pode dar uma bela chacoalhada nesse mercado.

Escrito por Rafael Capanema às 18h22

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Veja MID-Origami da Samsung

De montar

Este dispositivo móvel para internet da Samsung não tem o design mais  aprimorado do mundo, mas é curioso: você vira, mexe, abre, e ele deixa à disposição um alentado teclado.

E tem acesso à internet via WiMAX.

Quem gostou, não crie expectativa. Ele já está à venda na Coreia há dois anos e não deve sair de lá, de acordo com uma funcionária no estande da empresa no Congresso Mundial de Mobilidade, em Barcelona.

Escrito por Gustavo Villas Boas às 08h45

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Coloque o tema do HP Mini 1000 Mi no seu Ubuntu

Belo Linux


HP Mini 1000 Mi

Leia na edição desta semana do caderno Informática da Folha um teste do HP Mini 1000, netbook que deve ser lançado no Brasil em abril, segundo a empresa.

O teste é da versão com Windows XP, mas a HP oferece a maquininha com Linux, sob o codinome Mini 1000 Mi.

Baseado no Ubuntu, o Linux da HP foi bastante elogiado pelo visual sofisticado.

Se você tem Ubuntu no seu computador, também pode deixar o sistema com esse jeitão. Basta seguir o passo-a-passo abaixo.

As dicas são adaptadas do blog Linux on the HP 2133 Mini-Note.

Prontos? Lá vamos nós:

1. Baixe os pacotes do tema, que estão nos servidores da Canonical, responsável pelo Ubuntu. Clique com o botão direito em cada link e escolha Salvar link como:

Tema GlassyBleu
Papéis de parede
Tema do Firefox
Fontes

2. Instale os pacotes, um de cada vez. Para isso, basta abrir cada um dos arquivos que você baixou e clicar em Instalar Pacote.


3. Vá a Sistema > Preferências > Aparência. É nesta janela que você fará quase o processo todo.

4. Na aba Temas, localize o tema GlassyBleu e clique nele para começar a usá-lo.


5. Na aba Plano de fundo, você pode selecionar um dos dois papéis de parede da HP. O preto, com o desenho dos caracóis (meu favorito) ou o cinza, à direita:


6. Na aba Fontes, escolha a LuzSans-Medium para aplicativos, documentos e área de trabalho. Para título de janelas, selecione a LuzSans-Bold.

Se você tiver um monitor de LCD, certifique-se de marcar a opção Suavização de subpixel (LCDs) caso contrário, a renderização das fontes pode ficar bem feia.


7. Para alterar o tema do Firefox, vá ao menu Ferramentas do navegador, clique em Complementos e depois em Temas. Localize o HP Firefox Theme e clique em Usar o tema. Reinicie o navegador.


8. Se você abrir o OpenOffice depois de aplicar o tema da HP, verá que os ícones sumiram. Para resolver esse problema, abra o terminal (Aplicativos > Acessórios > Terminal) e digite:

sudo apt-get install openoffice.org-style-hicontrast

Se você não gosta de usar linhas de comando, pode ir ao Synaptic (Sistema > Administração > Gerenciador de Pacotes Synaptic), procurar por "openoffice.org-style-hicontrast" e marcar o pacote para instalação.

Isso instalará o tema em alto-contraste para a suíte de escritórios. O programa ficará assim:


Se tudo der certo tenha fé, dará, seu sistema ficará assim (clique para ampliar):

É possível ainda instalar a tela inicial da HP (veja a primeira imagem deste post) e fazer mais alguns ajustes de modo a deixar o sistema ainda mais parecido com o da HP.

Os procedimentos, porém, são um pouco mais chatinhos. Se você estiver disposto, pode fuçar neste tópico dos fóruns do Ubuntu.

Escrito por Rafael Capanema às 23h27

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Veja documentário sobre a Comic Sans

Tragicomédia

Muito interessante este microdocumentário sobre a Comic Sans, talvez a fonte mais polêmica de todos os tempos. Dica da @supercolors:

Pergunto aos leitores do blog: vocês acham a Comic Sans tão horrenda assim?

Escrito por Rafael Capanema às 14h37

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Baixe livros de Charles Darwin

Evolução

Hoje é o aniversário de 200 anos do nascimento de Charles Darwin, pioneiro da Teoria da Evolução. Tem muita coisa legal na internet sobre ele, como esse mapinha interativo que conta a história da viagem a bordo do HMS Beagle.

E nessa entrada do Projeto Gutenberg, dá para baixar legalmente um monte de obras do naturalista.

Escrito por Gustavo Villas Boas às 17h25

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Mozilla tem blog em português

Falafox

A Fundação Mozilla, responsável pelo navegador Firefox, tem um blog em português. O post de hoje é interessante: fala sobre o processo antitruste que a Comissão Européia move contra a Microsoft, pelo fato de a produtora do Windows embutir o Explorer no sistema operacional.

O pessoal que fomenta o Firefox no Brasil também está com um Twitter. 

E quem, como eu, gosta da Guerra dos Navegadores, pode dar uma olhada no blog dos desenvolvedores do Internet Explorer.

 

Escrito por Gustavo Villas Boas às 15h14

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Crie sua própria fonte à mão

Caligrafia

Reprodução/MakeUseOf.com

Esta eu vi no MakeUseOf: no site Your Fonts, você pode criar suas fontes à mão para usar no computador. Isso sem instalar nenhum software: é tudo on-line. Ou melhor, quase tudo...

O processo exige um pouco de paciência, além de um scanner e de uma impressora.

Você imprime as tabelas-modelo, preenche as lacunas com as letras do alfabeto e símbolos, escaneia as folhas a 300 dpi e manda os arquivos digitalizados para o site.

Depois é só baixar o arquivo da fonte -que pode ser usada em Windows, Mac e Linux- e colocá-lo na pasta adequada (no caso do Windows, geralmente é C:\Windows\Fonts).

Ainda não testei o serviço, mas pretendo fazê-lo em breve. Quem usou fique à vontade para compartilhar os resultados com os outros leitores do blog.

Escrito por Rafael Capanema às 15h05

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Veja novidades do Internet Explorer 8

Pedaços

Quem gosta de novidade já pode baixar o Internet Explorer 8 em uma versão próxima do que vai ser a final.

Para o usuário comum, são dois os recursos novos mais visíveis: Aceleradores, Web Slices.

O primeiro permite selecionar um trecho de um site e executar rapidamente uma ação sobre ele, como procurar o termo em um mapa on-line, postar em um blog ou traduzir em um serviço da internet. O Firefox pode fazer a mesma coisa via extensões, mas os aceleradores parecem pesar menos no IE e estão bem fáceis de instalar.

As outras novidades não me convenceram.

O Web Slices serve para atualizar só pedaços de uma página, por exemplo, o resultado da busca de um produto em um comparador de preços. Mas são só pedaços de páginas compatíveis, feitas para o recurso, e o acervo é pequeno.

Na prática, eu achei que o recurso é um RSS que não dá para ler no Google Reader ou no Netvibes.

O software conta ainda com busca visual --também para sites compatíveis-- que me pareceu bem pouco útil.

Curioso é o botãozinho para consertar páginas feitas para "navegadores antigos". A questão é que a Microsoft, dessa vez, fez um navegador mais adequado aos padrões da web, e muitos sites foram feitos para seus antigos navegadores, que não seguiam os padrões: apareciam certo no IE, estava bom para o webdesigner.

Por isso muitas pessoas que usam outros navegadores reclamam que os sites não aparecem certo. Na verdade, em muitos casos, é a página que está fora de padrão.

Escrito por Gustavo Villas Boas às 08h49

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Vídeo mostra versão pré-concebida da internet

Pré-histórica

 

Já imaginou como imaginavam o que o computador do futuro poderia fazer? O vídeo, de 1969, mostra uma visão pré-concebida da internet.

Escrito por Daniela Arrais às 16h05

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Registro em tempo real

Nova geração

Essa foto do casal Barack e Michelle Obama ilustra bem a geração que produz conteúdo

Via Soup

Escrito por Daniela Arrais às 15h47

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Gravatas estampam games antigos

No pescoço

Você gosta de videogames e quer mostrar isso pra todo mundo? Então aposte nas gravatas de games retrô, à venda na Amazon por US$ 25

Escrito por Daniela Arrais às 14h49

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Caso Legendas.Tv chega ao TorrentFreak

Em outro idioma

O caso do Legendas.TV, que já está de volta ao ar em versão reduzida, chegou a um dos mais importantes blogs sobre Torrents, o TorrentFreak.

Escrito por Gustavo Villas Boas às 19h14

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Prepare-se para as paródias de páginas famosas

Paródia

Editores de texto on-line já não são novidade.

Mas o shutterb.org tem um recurso que merece destaque. Ele permite abrir uma página qualquer da internet para editar. Sem cadastro, sem nada. Basta colocar o endereço na página inicial, depois de selecionar "Open from Web".

Após fazer as alterações, clique em File, no canto esquerdo superior, e em Save. Por enquanto, o único formato disponível para gravar é HTML.

Como diz o Read Write Web, a ferramenta é um prato cheio para paródias. Sorte das páginas brasileiras é que ele troca os acentos por símbolos.

Escrito por Gustavo Villas Boas às 14h44

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Leia livro sobre futuro da música

Música

Difícil encontrar quem não baixe música hoje em dia. A discussão é acalorada e encontra pontos de vista dos mais distintos. Para esclarecer um pouco a questão, Irineu Franco Perpétuo e Sergio Amadeu da Silveira organizaram textos de diversos autores no livro "O Futuro da Música Depois da Morte do CD", que está disponível para download

Veja aqui: http://www.futurodamusica.com.br/futuro-da-musica.pdf

Escrito por Daniela Arrais às 18h20

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fujifilm lança máquina que deve enxergar no escuro

DE NOITE

A Fujifilm anunciou hoje a primeira máquina que carrega a nova tecnologia Super CCD EXR.

O CCD é o sensor da câmera responsável por capturar a imagem. De acordo com a empresa, a máquina pode capturar em três modos de sensor diferentes graças a essa tecnologia.

O mais interessante, para mim, é o que permite fotos em ambientes escuros, muito escuros. De acordo com a empresa, a câmera tem sensibilidade à luz (ISO) de até 12.800.

É um número gigantesco, mas devemos lembrar que nem todas as empresas medem igualmente esse valor; além disso, a foto pode sair muito granulada.

Neste mês a máquina vai estar nas lojas. Logo a internet deve estar recheada de fotografias e a gente vê o que a tecnologia é capaz.

Leia aqui o anúncio para a imprensa.

Escrito por Gustavo Villas Boas às 15h26

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Site de associação antipirataria é invadido

"Viva os downloads"


Como muitos de vocês devem estar sabendo, o site Legendas.tv saiu do ar depois de uma solicitação da APCM (Associação Antipirataria de Cinema e Música).

Pois acabo de descobrir no Twitter que o site da associação foi hackeado.

Quem entra em www.apcm.org.br vê a mensagem "viva os downloads!" (sic) e é redirecionado ao Mininova, um dos sites de BitTorrent mais populares do mundo.

Escrito por Rafael Capanema às 20h03

Comentários (Comente) | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

O Blog de Tec é uma extensão da cobertura sobre tecnologia da Folha. É produzido por Alexandre Orrico, Emerson Kimura e Rafael Capanema.

BUSCA NO BLOG


SITES RELACIONADOS

RSS

ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. � proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.